107967404_3568433269842509_8783285916796

Conheça os materiais gratuitos

Desfrute das facilidades que eu criei especialmente pra você!

  • Danielle Silva

Você é a energia que atrai, mas você realmente sabe o que isso quer dizer?

Sou do tipo que precisa ler 50 mil coisas sobre o mesmo assunto até entrar na minha mente. Vou fazendo associações, conectando ideias, práticas, até vir aquele: “aháááá, então é iiiiiiisso”.


E hoje, neste exato momento em que vos escrevo - olha ela se sentindo A escritora, essa frase nunca fez tanto sentido!

Sabe aquelas teorias, princípios e conceitos que conhecemos há anos?


Que volta e meia se apresenta de novo na nossa jornada?


Que quando alguém pergunta se você conhece, você já nem quer mais ouvir falar de tão saturado que está do assunto?


Então… é aí que a gente se perde.

Isso porque subestimamos o poder desse conhecimento, e não utilizamos todo seu potencial para gerar benefícios em nossas vidas. Conhecimento é poder, então vamos lá utilizá-lo sabiamente?


Continua aqui comigo que eu quero te apresentar como utilizar na prática essa teoria - agora pra valer hein?!

RECUPERE SEU PODER


Hoje pela manhã escutei um podcast da Georgie Stevenson do The Rise and Conquer Podcast: This is the answer to any “how…” question you have, ou seja, essa é a resposta para qualquer pergunta “como…” que você tenha.


Marketing ou não, essa headline me chamou atenção, afinal, queremos sempre encontrar respostas.


A forma como conduziu o episódio me chamou atenção, e mesmo sendo um assunto que estudo com frequência - relacionado com energia e lei da atração, percebi que havia algo interessante ali para eu assimilar.


Nesse episódio, ela relata sobre um momento pessoal em sua vida que estava se sentindo muito ansiosa, mas, que na sua cabeça estava fazendo “de tudo” para atrair calma e paz - quem aí se identifica?

Essa situação exemplificada na prática me ajudou a enxergar com outra perspetiva o que eu havia aprendido até aqui sobre o assunto, ou melhor, em como eu estava praticando meus aprendizados.


Foi então que percebi que precisava rever algumas coisas. Acessei minha caixinha de ferramentas/conhecimentos para recuperar meu poder e responsabilidade de mudar o meu próprio destino, e fazer os devidos ajustes no percurso.


Vamos entender melhor tudo isso?

LEIS UNIVERSAIS


“O Universo é regido por Leis Naturais, e você está contido no Universo. Então, mesmo que você não saiba, não creia ou não aceite, estas leis regem a sua vida. E se você vive contra essas leis, sua vida fica mais difícil e dolorosa. Portanto, se você quer encontrar a felicidade plena e evoluir, é importante que você aprenda sobre isso.”Fernando Antonio Gonçalves.

Utilizo essas sábias palavras do Professor Fernando, para introduzir esse assunto sobre as leis universais. Você já deve ter escutado muito falar sobre essas leis, algumas mais conhecidas como a lei da atração, mas a verdade é que existem 12 leis naturais, e 21 sub-leis.


“As Leis Universais, também chamadas de Leis Espirituais ou Leis da Natureza, são os princípios inabaláveis e imutáveis que governam todos os aspectos do Universo e são os meios pelos quais o nosso mundo e todo o cosmos continuam a existir, prosperar e expandir.” Namaskar. Podemos - e devemos, utilizá-las para nos orientar, afim de um desenvolvimento físico, mental, emocional e espiritual.


Além de ter em mente a relevância do seu uso consciente, quero ressaltar que essas leis são todas inter-relacionadas e são fundadas no entendimento de que tudo no Universo é energia, inclusive nós. Isso já nos traz uma explicação sobre a frase inicial: você é a energia que atrai, afinal, se tudo no Universo é energia, quando eu atraio um padrão de vibração energética, isso quer dizer que estou ressoando com ela, combinando, de acordo.

ESTOU CONTRIBUINDO OU ATRAPALHANDO A APLICAÇÃO DAS LEIS


Eu sei que você deve estar pensando: “ai meu Deus Daniii, faz muito sentido, mas e aí? Como faz?!”


Assisti um vídeo da Mayla Andrade do Temporariamente Humana que me marcou muito.


Eu sou muito visual, e a melhor forma pra eu aprender é com imagens.


Na aula, ela desenhou no flipchart um trem, com duas frentes, representando a energia positiva e a negativa. O que eu quero manifestar e o que eu não quero manifestar na minha vida.


Explicou como acabamos depositando mais energia na polaridade oposta ao que queremos, falando e pensando o tempo todo no que não queremos, e isso faz com que demos força para esse lado do trem puxar, ou seja, materializamos o que não queremos para nossa vida.

Ela ainda complementa: “E você fica no meio se sentindo despedaçada, porque você sente sua centelha divina te chamando para vivenciar tudo aquilo que já está a tua disposição, mas que só pode se manifestar em realidade quando você acumular energia suficiente no plano mental para que essa ideia vire partícula e se manifeste na sua vida.”

Vou deixar o link do vídeo aqui caso queira aprofundar, pois achei fantástico: Vídeo YouTube Porque Meu Desejo está Demorando para se realizar?

Você já deve ter visto essa outra frase linda e compartilhável: “What are you seeking is seeking you”, ou seja, “Aquilo que procura está também à sua procura”.


Mas talvez na prática, seja como no exemplo do trem.

Eu procuro ser saudável, mas na primeira oportunidade eu me descontrolo e como besteira a semana toda.


Eu procuro bem-estar, mas vivo na correria e não incluo um momentinho se quer no meu dia a dia para cuidar de mim.


Eu procuro amor, mas eu mesma não me dou amor.

Consegue ver o motivo pelo qual muitas vezes não atraímos o que queremos??

As nossas atitudes falam sobre as nossas prioridades, e essa é a mensagem que estamos enviando ao Universo.

A CHAVE PARA CORRIGIR O ERRO


Em um dos muitos casos de sucesso que compartilha no seu livro O poder do subconsciente, Joseph Murphy fala: “Continuando nossa conversa, descobri que a única coisa errada era a atitude de Todd.


Esse trecho me fez parar a leitura e pensar. Mais um daqueles momentos que as coisas começam a finalmente se encaixar.

Complemento com esse trecho de um artigo do Professor Fernando Antonio Gonçalves “…então esteja ciente de que você não tem que mudar como você se sente sobre algo que o afeta, você deve estar disposto a mudar o que você está fazendo.”


Ou seja, a sua ação está criando essa realidade. A partir do momento que mudamos a ação, mudamos também a realidade.



APLICAÇÃO PRÁTICA


Se sinto ansiedade, vou atrair mais situações que me deixam ansiosa.


Se sinto medo ou preocupação, vou atrair situações que me façam continuar na mesma vibração.


Está fazendo sentido até aqui?!


Ou seja, se você está experienciando um sentimento que não te faz bem, mas, continua fazendo coisas que combinam com essa energia, vai continuar atraindo situações nessa mesma vibração.


“O externo reflete o interno”


Pense: o que você precisa fazer para vibrar na mesma energia do que você quer atrair?


Você precisa criar o sentimento primeiro, precisa servir a si mesmo primeiro, se nutrir disso primeiro, depois você consegue se sentir dessa forma. Isso é, qualquer coisa que precisamos, nós podemos dar a nós mesmos.

Por exemplo, se você não está experienciando amor suficiente do seu parceiro, ou amigo… como você pode dar isso a si mesmo? Se leve para passear, passe naquele seu café favorito e pegue algo que gosta, se dê tempo e atenção.

Outra coisa que pode fazer é estar mais presente para suas escolhas. Antes de dizer sim ou não para algo, se pergunte: isso esta em alinhamento com meu objetivo atual e intenção?


Eu entendo que pode surgir muitos questionamentos e uma certa resistência na sua mente do tipo: “mas como vou fazer isso com tudo que tenho pra dar conta?”. Mas estou aqui pra te mostrar que não precisa ser algo mirabolante, estou querendo mostrar a você que pode ser simples, pequenas atitudes feitas com comprometimento e consistência.

COMO LIDAR COM SENTIMENTOS E EMOÇÕES DE BAIXA VIBRAÇÃO


Então quer dizer que nunca posso sentir tristeza, raiva, e etc, senão é isso que vou atrair??


Aqui é que está a chave, você pode e deve sentir isso, sinta tudo que vier a tona. O importante é como você lida ou reage a esses sentimentos. Você alimenta e vira um “poço sem fim” ou deixa que venha e passe naturalmente?


Consegue notar a diferença?


Deixa vir, perceba, preste atenção, mas não se torne essa emoção. Deixe que venha e que passe. Pense como uma tempestade, depois que ela passa o sol reluz. Da mesma forma acontece com as nossas emoções.

O QUE ESTOU FAZENDO DE ERRADO?


Se você chegou até aqui, e pensou: “está bem Dani, já conheço tudo isso, eu pratico meditação, visualização, faço afirmações positivas e nada acontece!

Entenda alguns pontos que podem estar impedindo você de obter o que deseja:

1.Falta de confiança: você realmente acredita nisso? Do fundo do seu coração?

2.Desarmonia entre pensamento + sentimento + palavra + ação: analise cada ponto, perceba onde há espaço para melhoria, tudo deve estar em alinhamento.

3.Esforço excessivo: a busca incessante por uma resposta imediata promove a energia de medo e ansiedade, confie.

4.Raiz da intenção: nem preciso dizer que a nossa intenção deve ser elevada, não é mesmo?! Visando o bem mais elevado para todos os envolvidos.

PARA REFLETIR

Por que ficamos buscando mais e mais conceitos, informações, teorias sendo que nem o básico que aprendemos lá atrás aplicamos de verdade na nossa vida?

Como mencionei no início do texto, até hoje venho alimentando esse hábito de precisar consumir muita informação antes de aplicar. E, quando acho que já é o suficiente, vou ler “só mais uma coisinha”. Só que “tcharann”, novamente é muito parecido com algo que já vi em outros materiais.


Aprendizado do dia: o simples funciona, e como funciona.


Só que muitas vezes o subestimamos, e não utilizamos o máximo potencial de benefícios que isso pode proporcionar para nós.


Claro que é bom nos nutrir constantemente com bons conteúdos, conhecer perspectivas diferentes, pois cada um de nós trás um toque único e especial para o mesmo conceito.


A minha reflexão aqui é mais no sentindo de compreender com profundidade o que já conhecemos primeiro. Aplicar, colher benefícios.

De outra forma alimentamos o hábito de achar que nunca é o bastante, que nunca temos informação o suficiente. E como já vimos até aqui, se isso é o que pensamos, isso é o que vamos colher, refletindo também em outras áreas da nossa vida.

Então antes de ler o próximo texto, livro, escutar um podcast ou assistir um vídeo, que tal criar um plano de ação simples e prático para mudar alguma coisa que está atrapalhando a harmonia da sua vida?

Escolha 1 ponto, crie 1 ação, e repita, até que a mágica aconteça!

CONCLUSÃO


Trouxe aqui fragmentos de conteúdos de diferentes fontes para embasar esse estudo e auxiliar no nosso processo de desenvolvimento. Existem inúmeros outros autores, professores, filósofos, etc que poderia adicionar, mas se tornaria muito extenso.


Você já deve ter consumido outros conteúdos a respeito, e vendo aqui esse texto também, pode ser que te veio a mente algumas coisas que já estudou sobre o assunto. Essa é a ideia, empoderar você do conhecimento que adquiriu e adquiri todos os dias.


Uma observação final: não estou afirmando que este conteúdo é uma verdade absoluta, apenas trazendo ideias para que possamos associar e refletir a respeito. Cada um de nós tem suas crenças, pensamentos, e visão de mundo. Pegue aquilo que te serve, e deixe o que não faz sentido.


Com amor, Dani.

70 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo